John McAfee resolve apimentar esta briga de Peixe Grande, entre gigantes de tecnologia, e o FBI !

Untitled-1
O massacre de San Bernardino, na Califórnia, não deixou sómentes vítimas fatais, e traumas para parentes e população da localidade, mas deixou também a perplexidade na disputa por informações, travadas entre o Departamento de Justiça americano, atravéz do FBI, e a gigante Apple.
O motivo desta disputa, diz respeito ao iPhone encontrado junto ao terrorista morto, e que poderia trazer informações valiosas, não só para identificar a origem do ataque, como também suas ramificações. Justamente aí é que começa o problema.
Os códigos de segurança dos smartphones, e neste caso o da Apple, são protegidos de forma Chiptografada, sendo disponibilizada sómente ao seu dono ou usuario, que conhece a chave, ou senha de acesso ao aparelho. Neste caso o dono que era o próprio terrorista, morreu, e o FBI não consegue quebrar a senha do aparelho, justamente por conta destes códigos de segurança que são chiptografados.
Ao solicitar junto à Apple, a possibilidade de se criar uma “Back door” ou porta dos fundos no sentido de adentrar nestes códigos, para poder quebrar a senha do telefone, o FBI ouviu um não da fabricante, alegando que isto seria uma quebra de privacidade, já contratada entre ela (Apple) e seus usuarios. O caso lógicamente foi parar nos tribunais, já que o FBI alega que isto se trata de Segurança Nacional.
Para completar e aumentar as dificuldades para o FBI, a Google já anunciou seu apoio à Apple, e a Microsoft parece estar no mesmo caminho, o que deverá tornar esta batalha judicial mais complexa do que já é, a menos que as partes encontrem uma maneira inteligente de resolver a questão.
Como não bastasse o tamanho do problema, agora aparece a figura daquele que já virou lenda, não só pelo seu auto grau de conhecimento tecnológico, como também por sua vida recheada de escândalos, como acusação de assassinado e fraudes, que é John McAfee, criador do poderoso Anti-Vírus McAfee.McAfee
John McAfee se ofereceu de forma gratuíta, ao FBI, para quebrar a sebha do telefone encontrado com o terrorista, e claro que o fato chamou a atenção, pois apesar de suas declarações malucas e excentricidade, quando se trata de segurança de dados, John McAfee deve ser reconhecido como um dos grandes nomes da área. Um exemplo disso foi o episódio no qual ele hackeou ao vivo o smartphone de um apresentador da Fox.

“Com todo o respeito a Tim Cook e à Apple, mas eu trabalho com a equipe dos melhores hackers do planeta. Eles são todos os prodígios com talentos que desafiam a compreensão humana. Eu aposto que podemos quebrar a criptografia do iPhone de San Bernardino. Este é um fato puro e simples”, explica.
“Então aqui está a minha oferta para o FBI. Vou, de forma gratuita, descriptografar as informações no telefone com a minha equipe. Usaremos principalmente a engenharia social, o que levará três semanas. Se vocês aceitarem a minha oferta, então não vão precisar pedir à Apple para colocar um backdoor no seu produto, o que será o começo do fim da América”, critica McAfee.

Continua John McAfee; “Se você duvida de minhas credenciais, busque no Google por ‘lenda da cibersegurança’ e veja o nome que aparece na primeira colocação”

Pois é; parece que este caso ainda vai causar muitos debates entre os que são a favor ou contra de ambos os lados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: