TRF-4 confirma e aumenta pena do corrupto Lula!

A LUZ NO FIM DO TÚNEL!

No exato momento em que o do TRF-4 de Porto Alegre sacramentou a decisão que já havia sido tomada pelo Tribunal Federal de Primeira instância de Curitiba, e ainda aumentou a pena proferida pela juíza Gabriela Hardt que era de 12 anos e 11 meses de prisão, para 17 anos e 10 dias, os desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen, e Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, mostraram ao Brasil que ainda é possível sonhar com uma justiça fiel à nossa constituição.

A honradez dos homens não se faz pela fama, ou pelos nomes em manchetes de jornais, mas sim por suas decisões livres e desimpedidas de qualquer conchavo ao jeitinho brasileiro.

Os três desembargadores federais não se intimidaram diante da decisão espúria do Supremo Tribunal Federal, que transformou a ordem de explanação entre o “delator” e o “delatado” em fato justificatório para se anular uma decisão. No julgamento do ex-presidente no caso do Apartamento Triplex, tal decisão do STF que ainda não terminou suas analises sobre o mérito, pode vir a cancelar o resultado obtido hoje em segunda instância, e fazer com que o processo volte à fase de alegações finais na primeira instância.

Não há fundamento jurídico que justifique a anulação da sentença para renovação das alegações finais, medida que se vê absolutamente inócua, disse o desembargador Leandro Paulsen, e em momento algum se demonstrou qualquer tipo de prejuízo com a inversão de ordem das alegações finais, e nem houve inversão, houve prazo comum e entrega de alegações finais no mesmo prazo e na mesma data, argumentou o desembargador João Pedro Gebran Neto.

Claro que o STF pode vir a derrubar tal decisão do TRF-4, quando eles terminarem suas análises sobre a pauta em questão, mas o simples fato de sabermos que o STF poderá até lá, sofrer uma pressão muito maior do que as que já ocorrem no atual momento, nos ascende uma esperança de que a luta então não terá sido em vão.

O resultado de hoje já mexe psicologicamente não só com o condenado Lula da Silva, mas também com seus correligionários que ainda sonham com o resgate de uma popularidade que já não existe mais, por parte do traidor dos pobres, e principalmente aqueles como a imprensa vendida que ajeitam e manipulam noticias para não denegrir mais a imagem do condenado.

Figuras pitorescas de nossa mídia tradicional que vociferam palavras de ódio contra nosso atual presidente, em prol da esquerda radical como Vera Magalhães por exemplo, que hoje voltou a bater boca com o repórter Rodrigo Constantino, por ele estar tentando explicar a fala do ministro Paulo Guedes sobre o famoso AI-5, e dizendo que não gostaria de viver num ambiente como o do Chile, e ela com uma gana destrutiva, repicando que não gostaria de conviver num país de Bolsonaro e AI-5, continuarão certamente publicando inverdades até mesmo para justificar a barbárie jurisdicional do STF, para favorecer ao velho sistema corrupto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: