08/11/2022
A força de Jair Bolsonaro está em sua popularidade, e na resiliência da economia brasileira diante o mundo.

Pois é; parece mesmo que os especialistas online da nossa imprensa vivem mesmo é dando murro em ponta de faca.

Há muito se sabe, que duas são as maneiras para se destituir um presidente de seu porto, sendo a primeira a derrocada econômica do país, e depois com o apoio da população.

Passados três anos e meio de governo de Jair Messias Bolsonaro, os militantes de esquerda não conseguiram atingir nenhum dos dois objetivos, e a cada dia que passa, enxergam no horizonte um crescimento cada vez maior na popularidade do Mito, e sentem na economia uma resiliência muito maior do que se esperava.

O Brasil voltou a ser a décima maior economia do mundo, e foi o país que melhor se recuperou do período pós-pandemia, e tudo graças a decisões pontuais tomadas pelo ministro Paulo Guedes, e também ao nosso agronegócio que é de dar inveja a todos.

Hoje por exemplo, o Brasil anunciou um saldo positivo de 277 mil novas vagas formais em maio, conforme dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência. O dado do mês veio acima da expectativa do mercado, que esperava saldo de 187,5 mil.

O próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje em Brasília, durante evento do setor de telecomunicações, que o Brasil pode estar entrando em um ciclo de crescimento de 3% ao ano pela próxima década. Segundo o ministro, o avanço previsto para o Brasil deve vir na contramão do que é esperado para o resto do mundo, onde as principais economias vivem um cenário de inflação em alta e risco de recessão.

Então vem a pergunta que não quer calar: Como derrubar Jair Messias Bolsonaro?

Resposta: somente com mentiras, traições, e fraude eleitoral.

Paulo Alves- Terra Brazilis News

Fontes: CNN, Globo, Metrópoles

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: