09/27/2022

Untitled-1
Todos sabem que a alta temperatura é inimiga numero 1 de qualquer computador. É comum perceber que o super-aquecimento provoca o delisgamento imediato da máquina, para evitar que êle queime, e muitas vezes quando isto acontece, o usuario fica espantado sem saber o por que.
A verdade é que os processadores (motores) dos computadores, trabalham sob alta temperatura, e por isto mesmo se faz necessario a existência dos chamados “Coolers” sob os processadores, para resfria-los.
Os CPUs(processadores) mais antigas simplesmente não conseguem trabalhar, se eles começam a superaquecer, mas os CPUs mais modernos, ajustam sua frequência com base na temperatura (entre outras coisas) para evitar uma falha dramática, tipo desligamento do computador. Devido a isso, é lógico que, depois de chegar a certas temperaturas, você não vai mais estar recebendo o máximo de desempenho do seu CPU, porque ele vai estar ocupado em proteger-se.
Os CPUs possuem proteção térmica extremamente robusta, o que faz com que êle comece a diminuir sua frequência de velocidade, a fim de evitar uma falha catastrófica. Hoje é sabído que o limite térmico dos processadores da Intel, atingem 100 ° C, numero que torna muito conveniente para ser lembrado. Em outras palavras, até que o CPU chegue a 100 ° C, êle estará 100% disponível para desempenhar sua função. Uma vez que a temperatura comece a ultrapassar este valor, o Processador começará a reduzir sua frequência para evitar o super-aquecimento.
Coisas interessantes para que você deve saber, até para manter uma boa performance em seu computador.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: